Vila Flores – Território e Memória


SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA APRESENTA

VILA FLORES – TERRITÓRIO E MEMÓRIA


A história de um conjunto de edificações projetado pelo arquiteto Joseph Lutzenberger na década de 20 no bairro Floresta, em Porto Alegre, que se transformou num centro cultural e educacional e núcleo de práticas criativas e colaborativas. Esse é um resumo rápido do que os espectadores podem assistir nos quatro episódios do documentário Vila Flores – Território e Memória, disponível na internet.

Realizado pela Associação Cultural Vila Flores, o projeto foi financiado pelo Pró-Cultura RS FAC – Secretaria de Estado da Cultura. Ele foi selecionado no edital do concurso na categoria Ações de proteção para memória e patrimônio.

Os episódios são um registro histórico que permeia a Porto Alegre do século XX e XXI. Todo o processo, desde a captação de imagens, a pesquisa documental, as animações, a direção, o design gráfico, a trilha sonora e tudo o que envolveu a criação e execução dos quatro episódios, foi colaborativo e feito pelos residentes do Vila.  


Episódio 1 – Arquiteturas

Dirigido por Marcelo Monteiro, do Estúdio Hybrido, é apresentada a história arquitetônica do conjunto de edificações. Projetado entre 1925 e 1928 por Joseph Lutzenberger, ele foi construído para ser usado como casa de aluguel para os trabalhadores da região.

Episódio 2 – Memórias

O capítulo Memórias é assinado por Juliano Ambrosini e Nando Rossa, da Bumbá. Nele, vemos as histórias dos antigos moradores e frequentadores do espaço, que o vivenciaram quando ainda era um conjunto residencial.

Episódio 3 – Coletivos

Coletivos é o nome do terceiro episódio. Dirigido por Marcelo Monteiro, do Estúdio Hybrido, ele mostra, a partir de 2012, a reconfiguração do local como centro cultural e educacional e núcleo de práticas colaborativas e a chegada dos primeiros grupos, em 2014.

Episódio 4 – Perspectivas

Para encerrar, Juliano Ambrosini e Nando Rossa mostram o cotidiano e as atividades desenvolvidas pelos residentes desse novo espaço, que inovam diariamente ao reinventar as relações de convivência e trabalho em comunidade.

 

Ficha técnica:
Direção: Marcelo Monteiro, Juliano Ambrosini e Nando Rossa
Captação de imagens: Marcelo Monteiro, Juliano Ambrosini e Nando Rossa
Montagem: Marcelo Monteiro e Nando Rossa
Finalização: Juliano Ambrosini
Entrevistas:
Capítulo 1: João Felipe Wallig, Lara Lutzenberger, Paulo Bicca
Capítulo 2: Edgar José Alves da Silva
Capítulo 3: Aline Bueno, João Wallig, João Felipe Wallig
Capítulo 4: Joel Grigolo, Aline Kerber, Marta Dueñas, Antônia Wallig, João Wallig
Pesquisa documental e de imagens: Maíra Coelho, Aline Bueno, João Felipe Wallig
Decupagem: Maíra Coelho
Vinheta de animação (criação e animação): Maíra Coelho
Vinheta de animação (criação, animação e edição): Anthonio Coelho Trindade
Trilha sonora: Armazém Sonoro
1. Tema Vila Flores Arquitetura – Fernando Morsch/Lorenzo Flach/Marcio Machado
2. Tema Vila Flores Antigos Moradores –
Bruno Neves/Erick Endres/Fernando Morsch/Lorenzo Flach
3. Tema Vila Flores Residentes – Bruno Neves/Erick Endres/Fernando Morsch/Lorenzo Flach/Marcio Machado
4. Tema Vila Flores “E Agora?” – Bruno Neves/Erick Endres/Fernando Morsch/Lorenzo Flach
Vinheta: Tema Vila Flores Animação – Bruno Neves/Erick Endres/Fernando Morsch/Lorenzo Flach/Marcio Machado
Mixagem e Masterização: Erick Endres/Fernando Morsch
Produção Executiva: Liége Biasotto
Coordenação geral: Antônia Wallig
Design gráfico: Diego Ferrer – Surto Criativo
Realização: Associação Cultural Vila Flores
Co-produção: Estúdio Hybrido, Bumbá, Armazém Sonoro, CUCO Produções
Financiamento: Pró-cultura RS FAC – Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Rio Grande do Sul

FINANCIAMENTO:
Financiamento Webdoc Vila Flores - Território e Memória

Anúncios