Junção Makers

Na sua oitava edição, a Junção Makers reúne iniciativas de design local.

São makers ou fazedores que elevaram seus projetos pessoais a pequenos empreendimentos, sem perder o caráter sustentável e de forma a valorizar aspectos da cultura e economia locais.

Além da comercialização dos produtos, o objetivo é conectar os makers com novos materiais, processos produtivos e fornecedores de matéria prima.

 

Tudo isso se completa com bancas de gastronomia e cerveja artesanal, animada com boa música (bandas: Rock de Calcinha e Lo Charta).

 

O Evento é dia 08 de julho, das 12 às 22 horas.

Local: Vila Flores, que desde 2015 abraça o evento.

Endereço: Rua São Carlos 753.

Ingresso: R$ 5,00

 

Fábio Schmidt

fone: 51 9.9746.3116

Projetos colaborativos na prática: Arraial Vila Flores vem aí!

O inverno mal chegou mas por aqui já começamos a nos preparar para um dos maiores eventos do Vila: o Arraial!

Essa é uma das festas mais características do Vila. Isso porque ela é produzida pelos próprios residentes. São mais de 30 iniciativas que, através de um processo totalmente colaborativo, organizam a nossa Festa Junina.

Planejar um evento sem a estrutura tradicional de profissionais da área pode ser arriscado. Mas acreditamos no poder da rede, por isso dá certo. No ano passado, mais de 1,5 mil pessoas participaram do Arraial do Vila Flores.

A arrecadação dos ingressos e a venda dos produtos é revertida para melhorias estruturais do complexo arquitetônico. Nesta edição, vamos guardar o dinheiro para restaurar o galpão.

Em 2017, a nossa festa junina vai acontecer no dia 24 de junho. Programe-se!

Festa junina dos vileiros desde 2014

O Arraial nasceu da vontade de unir todas as iniciativas que residem no Vila Flores para desenvolver um projeto em conjunto. A primeira edição foi realizada em 2014.

Nesse ano, Cícero Neves do Ato Espelhado Cia Teatral foi nosso Mestre de Cerimônias e as brincadeiras para crianças e adultos no pátio foram realizadas pelos próprios residentes. Tivemos também dança de quadrilha, casamento na roça e fogueira! A trilha sonora ficou a cargo da dupla Efeméride, de Alexandre Leeh com participação de Cláudio Calcanhotto e Raul Leitão e da banda Matt & the Bayou Dogs.

O Marcelo Monteiro, do Estúdio Hybrido, fez esse vídeo que dá pra sentir o clima da festa de 2014!

A festa foi tão legal que resolvemos repetir a dose em 2015. O DJ Manoel Canepa, da Made in Brazil, colocou a galera pra dançar e tivemos os shows da Expresso Livre e da banda Bate & Sopra. Também rolaram exposições de trabalhos em Artes Visuais de Heloisa Medeiros Photography, Kelvin Koubik e José Ernani Melo Chaves.

Já na terceira edição, em 2016, fizemos a exposição de fotografias sobre a participação do Vila Flores na Bienal de Arquitetura de Veneza. Também esteve por aqui a Árvore Solar Falante – fazendo som com energia solar. Rolou fogueira com queima de obra do artista Rogério Pessôa, parte do projeto Circuito do Fogo e apresentação da banda As Três Marias com quadrilha e casamento coletivo!

13501854_1219981051353613_7156469964750974904_n

_MG_7721

O que é um Arraial colaborativo pra gente?

Uma das regras de ouro de projetos colaborativos é: só participa quem quer contribuir. Nesse tipo de arranjo, não existe hierarquia. Todos são responsáveis pela criação de um objetivo comum. No caso do Arraial, existe somente a figura de um organizador: a Associação Cultural Vila Flores.

Ela é a responsável por sugerir reuniões gerais de alinhamento. Nesse encontro, os residentes decidem como será a organização do evento. Em 2017, os vileiros optaram por abraçar a maior parte das atividades, inclusive comes e bebes, para ajudar a girar a economia do espaço.

Como são cerca de 110 pessoas envolvidas, montamos uma planilha aberta com as funções e atividades que precisam ser executadas. Essa tabela é dividida em 3 setores, para que as pessoas demonstrem seu interesse em colocar a mão na massa, antes, durante e depois do evento.

Assim, quem quiser e puder, por exemplo, orçar o valor da atração musical, insere seu nome e se torna responsável por isso. Nesse formato horizontal e colaborativo, todos confiam que aquela pessoa vai desempenhar a atividade proposta.

Captura de Tela 2017-06-06 às 14.25.54

O que fazemos com o dinheiro arrecadado?

Desde a primeira edição, a ideia do Arraial foi dar um sentido de pertencimento aos residentes do Vila Flores. Ao mesmo tempo, tem por objetivo reunir verba para restaurar necessidades urgentes dos prédios e espaços do complexo.

Além de se divertir, o pessoal trabalha sabendo que está agindo por um propósito maior: uma melhoria para o coletivo.

13516622_1219980848020300_7881827904047607474_n

O dinheiro arrecadado é reinvestido na própria Associação Cultural Vila Flores e nas atividades realizadas por ela. A grana também serve para melhorias físicas dos nossos espaços. Uma das prioridades do momento é o galpão.

A ideia é transformar o ambiente em espaço multicultural, com isolamento acústico e térmico, que possibilite a realização de exposições, rodas de capoeira, apresentações artísticas, shows, peças de teatro e outros.

O melhor de tudo isso é que o galpão é um espaço aberto, com o objetivo de receber ações culturais e educativas em Porto Alegre. Ou seja, toda cidade ganha com a Festa Junina.

Então… bora pro Arraial Vila Flores?

Te esperamos com muito pinhão, quentão e pipoca. Anota na agenda e vem fazer parte de uma das festas mais colaborativas de Porto Alegre.

Link do evento: https://goo.gl/V3qNLx

18836769_1563872940297754_6266036289924284681_o

Vídeos Sem Mistério

Workshop Edição de Vídeos Sem Mistério – II Edição

Curte gravar vídeos mas não sabe o que fazer com as imagens? Quer aprender a dominar as ferramentas de edição mas se perde nas plataformas de vídeo? Não sabe qual a melhor forma de exportar um vídeo para o Youtube ou Vimeo? Então este curso foi feito pra ti!

No workshop Edição de Vídeos Sem Mistério vamos aprender todos os passos de como realizar uma montagem audiovisual no Adobe Premiere. Em um encontro dinâmico, vamos abordar os aspectos fundamentais para que você consiga deixar seu vídeo lindão. As turmas são pequenas, com foco principal na prática. A ideia é criar um ambiente orgânico e criativo, onde será valorizada a troca de experiência. Mão na massa, gente!

Quando: 17/06
Horário: 13h às 19h
Ingressos: https://goo.gl/obljNL

Feira e cultura

MEGA REVEL

megarevel

 

Quando? 18/06, domingo, das 11h as 21h

Feira Cultural na Rua São Carlos das 11h as 18h.
( FREE )

Espaço Cultural Vila Flores – Das 11h as 21h.
ENTRADA R$ 5,00 ou 1Kg de Alimento não perecível.

 

Parte da renda arrecadada será revertida em alimentos para a instituição – Cooperativa Especial, Social Crescer – situada no Bairro Partenon – Zona Leste de Porto Alegre.

Nossos eventos são um espaço de diversidade, aonde todo gênero, cor, raça e estilo são bem vindos.

Será uma linda Festa com:

Roda de Samba
Dança de Rua
Hip Hop
Dança Tribal
Dança do Ventre
Surf Music
MPB
Rock

Os visitantes poderão prestigiar a exposição de Trabalhos Autorais de Pequenos Empreendedores locais, dando espaço a Economia Criativa e promovendo o desenvolvimento sustentável.

#MegaRevel
#Arte
#Música
#ModaSustentável
#Gastronomia
#CervejaArtesanal
#LixoZero
#MeuCopoEco

Não fique de fora!!
Confirme a sua presença no Evento, convide os amigos e venha curtir!!

Aqui seu amigo Pet é Bem Vindo.

Acompanhe a nossa agenda Cultural com as atrações no evento.

EM CASO DE CHUVA O EVENTO SERÁ TRANSFERIDO.

https://www.facebook.com/events/108430633037288/

 

A humanidade no teatro de objetos

 

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.  O projeto pesquisa uma linguagem inovadora e tem direção de Liane Venturella e atuação de Rudinei Morales, que utiliza como personagens objetos produzidos em grande escala pela indústria de bens. Nestes objetos residem signos compreensíveis a todos e todas e a busca é humanizar aquilo que aparentemente não possui humanidade.

Dias: 17, 18 e 19 de junho às 20h                                                                                                        Ingressos: R$30,00 e R$15,00.  Meia-entrada para crianças, estudantes, professores, idosos e artistas.

Brechódahumanidade

Sombras animadas

 

Oficina de teatro de sombras com Mário de Ballentti

A proposta de contato intenso com teatro de sombras, a manifestação mais antiga do teatro de animação é o objetivo desta oficina da Caixa do Elefante que acontecerá no seu atelier em Porto Alegre.  Através de exercícios sensoriais, abordagem de conceitos da fotografia e estudo da linguagem do plano cinematográfico, os alunos estarão aptos a elaborar roteiros, storyboards, e criar cenas em teatro de sombras. O curso oferece também aos participantes equipamentos para o manuseio utilizados pela Companhia nas produções de seus espetáculos além da orientação para construção de diversas formas de silhuetas em 2d e 3d.

Dias: 12, 13, 14, 15, 16, 19, 20, 21, 22 e 23 de junho (Seg à Sex)

Horário: Das 19h às 22h

Valor: R$300,00
Inscrições e informações: caixadoelefante@gmail.com  Fone: (51)99137-1990

 

teatro_sombras

Cinema livre e as obras de Buster Keaton

Cine Theatro Remix é um convite a resgatar o cinema como forma de expressão livre, lúdica, disruptiva e de reforços dos laços comunitários através da criatividade antropofágica. Os músicos Fernando Caramori e Márcio Fulber convidam você para apreciar os filmes curtos de Buster Keaton, considerado um dos maiores diretores de todosos tempos, contemporâneo de Charlie Chaplin. Os filmes serão acompanhados de sonoridades realizadas ao vivo na primeiras sessões do banquete musical.

Premiado Espetáculo de Teatro de Objetos entra em curta temporada no Theatro do Abelardo 

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vidae os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.
O projeto pesquisa uma linguagem inovadora, utiliza como personagens objetos produzidos em grande escala pela indústria de bens. Nestes objetos residem signos compreensíveis a todos e todas e a busca é humanizar aquilo que aparentemente não possui humanidade.

Transpor a materialidade encontrando na sutileza das formas a palavra não dita, e assim a imagem que descreve o que não está escrito. O Teatro de Objetos é uma provocação às nossas certezas, um choque nas crenças que temos naquilo que está estabelecido como certo e imutável.

Direção de Liane Venturella

Atuação de Rudinei Morales

Trilha Sonora de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Paulo Pereira

SERVIÇO:

BRECHÓ DA HUMANIDADE

Dias: 20 e 21 de maio (Sábado e domingo) às 19h e 22 de maio (Segunda) às 20h

Ingressos: R$30,00 e R$15,00.  Meia-entrada para crianças, estudantes, professores, idosos e artistas. 

Ingressos no local uma hora antes da apresentação

Local:Theatro do Abelardo (Rua Hoffmann, 459)

TÔ NA RUA VILA FLORES LATINO AMÉRICA

Projeto de Mobilidade Urbana

Tô na Rua lança Edição Latino América.

 

Mais uma mobilização do projeto Tô Na Rua acontecerá em Porto Alegre, dia 20 de maio a partir das 11 horas da manhã. Desta vez a edição será em ritmo latino e pela primeira vez associado ao complexo Vila Flores, que além de alugar espaços para artistas e profissionais de segmentos criativos, também é um polo de diversidade, atuando através de quatro eixos: arte e cultura, educação, empreendedorismo, arquitetura e urbanismo.

O projeto Tô na Rua que há xx anos já realizou vários eventos pela nossa cidade com venda de roupas, comidas, bebidas e cervejas, shows e outras atrações, irá realizar uma grande festa em ritmo latino com comidas típicas e muita música e dança com uma feira de expositores de moda autoral, acessórios, decoração, arte, brechós e muita cultura latina.

A feira acontecerá na Rua São Carlos que dá acesso a parte interna do Vila Flores onde ficarão os food trucks para que todos possam curtir os movimentos sonoros da música latina num sábado com muita cumbia, reggaeton e salsa. Arriba!!!

Para Bailar:
Tango na Rua – www.facebook.com/TangoRua/

Grupo Cumbia Libre – https://goo.gl/kv7rFH

Grupo Ciranda – Tango e Salsa
Dj Mauricio – Fiesta Latina – www.facebook.com/fiestalatinabrasil/
Para comer na rua:
Bike Pancho Oh Wheels (Uruguai) 🇺🇾
Pueblo Food Truck (México) 🇲🇽
Trupe dos Chefs (Brasil) 🇧🇷
Chola Guapa (Perú) 🇵🇪
Las Comadres (Colombia) 🇨🇴

Café na Bike
Dulcíssima Food Bike – Doces uruguaios

Para beber
CHOPPs cremosos da Eisenbahn!
Drinks da Coral Brasil!
Saborosos vinhos e champagnes da D’Vino!

Serviço:

Entrada FREE no Vila Flores, das 11h às 14h.

Após este horário o ingresso será R$15,00, à venda nos pontos de venda. Adquirindo o ingresso os convidados tem acesso a todos os shows e atrações que acontecerão dentro do Vila Flores, além da FESTA LATINA!
Pontos de venda:

Loja Sirius – www.facebook.com/LojaSirius

Consuelas Brownie – www.facebook.com/consuelasbrownies/

Vila Flores/Floresta – R. Hoffmann, 447 – bairro Floresta – POA/RS

INGRESSO ANTECIPADO: via aplicativo ONNI, tu garante o antecipado por apenas R$10,00, com direito a acesso livre no Vila Flores, em qualquer horário > http://bit.ly/AppONNi

Tô Na Rua – Latino América #TôNaRua
Patrocínio: Eisenbahn
Apoio: Faculdade Senac Porto Alegre RS
Parceiros: ONNi e Cabify 

www.facebook.com/tonaruamurb/

tonaruapoa@gmail.com

RICARDO NO ABELARDO

 

Todas as quartas-feiras, às 19h, o poeta, escritor, contista, compositor e músico de Porto Alegre, Ricardo Silvestrin faz um show diferente com convidados ilustres que dialogam com o seu trabalho.

Dias: 03, 10, 17, 24 e 31 de maio

Horário: 19h

Ingressos: R$20,00

 

Quarta, 3 de maio, 19h30min                                                                                                        

Ricardo Silvestrin e o cachorro Abelardo, boneco criado e manipulado por Mario de Ballenti, dizem e comentam uma série de poemas caninos do poeta Glauco Mattoso. Em seguida, Recital com os poetas Alexandre Brito, Juliana Meira e Ricardo Silvestrin. Alexandre apresenta poemas do recém lançado Cine ABC.

Quarta, 10 de maio, 19h30

Espetáculo cênico Dois Pontos com a atriz e poeta Lota Moncada contracenando com Ricardo Silvestrin. No roteiro, 11 poemas de Silvestrin criados com personagens. Em seguida, show musical em que Claudio Levitan apresenta suas canções. Levitan é o compositor de grandes sucessos da banda Saracura e do Tangos e Tragédias.

Quarta, 17 de maio, 19h30

Antologia Poética ao Vivo: Ricardo Silvestrin apresenta uma seleção dos poemas dos seus dez livros de poesia acompanhado pelo músico e professor Fernando Lewis de Mattos. Fernando vai tocar instrumentos de cordas, muitos deles antigos e de diversos lugares do mundo.

Quarta, 24 de maio, 19h30

Ricardo Silvestrin, Duk7 é o show musical em que Ricardo Silvestrin apresenta suas canções. Silvestrin no vocal, Robson Serafini na guitarra, Cesar Ratão no baixo e Cesar Audi na bateria.

Quarta, dia 31 de maio, 19h30

Os poETs acústico: Show musical em que a banda os poETs apresenta novas canções que farão parte do seu terceiro álbum. Os poETs são Alexandre Brito, violão e voz, Ricardo Silvestrin, voz, e Ronald Augusto, violão e voz.