Domingo no Pátio

received_1299250086802640

Domingo no pátio – Festa de lançamento do IMADIN: Instituto Maria Dinorah

Apresentação do IMADIN e seus espaços; lançamento de livros; atividades de contação de histórias e de expressão verbal para crianças; painel sobre escritoras gaúchas; bate-papo com pais sobre o papel da literatura na infância, bibliotequinha ao ar livre, comidinhas e mini livraria.

Quando? 18/12/2016 das 16:00 às 21:00
Entrada pela Rua Hoffmann, 459.
Evento gratuito.

Página no Facebook: www.facebook.com/institutomariadinorah
Informações apenas pelo Facebook ou pelo e-mail: imadin@imadin.org.br

Deslocamentos4D

capa_face-851x315px

Festival #deslocamentos4D realiza circuito de atividades sobre empreendedorismo, cultura, inovação social, educação e arte

Evento promove o mapeamento e a visibilidade de iniciativas do 4o Distrito de Porto Alegre, com seminário, oficinas, feiras, exposições, shows, gastronomia, cerveja artesanal e turismo criativo

Nos dias 10 e 11 de dezembro, Porto Alegre será palco de diversas atividades nos bairros que compõem o 4o Distrito. Com uma dinâmica descentralizada, o festival #deslocamentos4D promove atrações culturais, sociais e empreendedoras nos bairros Navegantes, São Geraldo, Floresta e Humaitá. A ideia central do projeto é dar visibilidade às iniciativas da região e à cultura local, que vem se transformando em um território de lazer, inovação e empreendedorismo na Capital. A programação, com entrada franca, inclui uma série de atividades simultâneas e diversificadas ações artísticas, culturais, educativas e colaborativas. Seminário, oficinas, feiras de moda, design e inovação, shows e espetáculos, circuitos de bicicleta, passeio das artes, exposições e exibições, gastronomia e cerveja artesanal estão na programação.

Os profissionais envolvidos no #deslocamentos4D fazem parte da comunidade que reside ou trabalha no 4o Distrito: empreendedores individuais e coletivos, empresários, educadores, artistas, ativistas sociais, articuladores culturais, membros de comunidades de baixa renda, profissionais de tecnologia, moda e design, associações organizadas e, sobretudo, cidadãos que ali vivem.

Entre os agentes parceiros e com participação ativa no evento está o espaço cultural Vila Flores, que vai abrigar a exposição Vila Flores – Uma Experiência Aberta. Os residentes do espaço também participam da programação, como os Matehackers (com o projeto Miolo Nerd), a Cia. Caixa do Elefante (com o espetáculo de bonecos Bom Pra Cachorro), a ONG Mulher em Construção (com oficina de serviços de construção civil para mulheres moradoras da Vila Santa Terezinha), o Coletivo Ameixa (com a mostra de filmes MoFO) e a Escola Convexo (com a oficina Qual vai ser?[QVS] #Grana #Felicidade #Futuro). O Vila Flores também vai concentrar as atrações musicais do #deslocamentos4D, que conta com os shows de Frank Jorge, Tonho Crocco e The Room Brothers. O Palco #deslocamentos4D vai contar também com a discotecagem do DJ Piá e intervenções de arte ao vivo com os artistas urbanos Xadalu e Toniolo.

O Porto Alegre Hostel Boutique vai abrigar um Sarau, com participação do percussionista costa- marfinense Loua Pacom Oulai, entre outros músicos e poetas. A programação artística conta, ainda, com apresentação dos poETs – grupo formado pelos poetas-músicos Ricardo Silvestrin (morador da Rua São Carlos), Alexandre Brito e Ronald Augusto, a performance A.S.P.I.R.E, da Cia. Ato Espelhado e o espetáculo de dança SeteOito – Impermanências, com Thais Petzhold e Marco Fillipin.

Na Praça Florida acontece Oficina de Sticker Art com o artista urbano
Xadalu, a Oficina de Mosaico com a artista visual Silvia Marcon e o Campeonato Best Trick, acompanhado pelo skatista Jean Lucca Joner Silveira e convidados.

A Vila Velô vai promover o 4D de bici – um passeio de bicicleta por pontos importantes da região. E quem quiser conhecer os projetos que compõem o Distrito Criativo a pé, pode participar do Passeio das Artes, uma caminhada guiada que percorre galerias de arte, ateliês de artistas, antiquários e brechós. No Galpão Makers acontece o Ocupa Galpão, que vai receber os visitantes para mostrar a produção dos residentes.

O projeto de mobilização urbana Tô Na Rua traz para a programação uma feira de marcas autorais, bazar, brechós, food trucks, intervenções e música. O Porto Alegre Festival – que vai promover o encontro de bandas consagradas da cena musical gaúcha com artistas emergentes, nos dias 10 e 11 de dezembro, na Avenida Polônia – também integra o circuito de atividades que acontecerão durante o #deslocamentos4D.

No dia 10, sábado, o evento é pautado pelo seminário #Deslocamentos4D, que irá debater e construir um documento de ideias e encaminhamentos para a região, para ser entregue aos setores do poder público e privado. O 4o Distrito é um espaço aberto de economia criativa, inovação e conhecimento, onde experiências colaborativas como estas são o ponto de partida para fomentar ações conjuntas e reforçar iniciativas existentes. O painel central contará com um resgate histórico do 4o Distrito e mediação de Rafael Passos, presidente do Instituto de Arquitetos e Urbanistas do Rio Grande do Sul. Nesse painel serão apresentados e discutidos por especialistas os dois principais projetos já desenhados para a região – o Master Plan e o Porto Alegre Tecnopole – e visões sobre assentamento urbano, direito à moradia, impactos sociais dos projetos urbanos na cidade e a experiência do Vila Flores. Além do painel central, outras cinco mesas simultâneas serão realizadas para abrir um diálogo sobre temas como Economia Criativa, Tecnologia e Inovação, Direito a Moradia, Sustentabilidade e Inovação Social, Urbanismo e Mobilidade, Cultura e Educação. A entrada é franca e o seminário acontece no Vila Flores.

Nos dias do festival, parte das atrações será transmitida ao vivo pela internet e nas redes oficiais do evento. A programação terá cobertura da jornalista Carol Anchieta, que circulará pelos diversos pontos do festival. O evento também disponibiliza um aplicativo, com link para streaming, mapa e programação.

O público presente também poderá participar de um concurso de selfies. Para concorrer, basta fazer check-in em, no mínimo, quatro pontos do circuito e postar a imagem no Instagram com a hashtag #selfie4D. A premiação e o regulamento serão divulgados até o dia 10 de dezembro, e o resultado será anunciado após o evento pelas redes sociais do festival. Um grupo de artistas convidados escolherá a melhor foto.

O Festival #deslocamentos4D tem curadoria da Joner Produções e produção do Gabinete Produções Culturais – empreendimentos residentes do 4o Distrito, com patrocínio da Caixa Econômica Federal, apoio cultural do Vila Flores e apoio da Vila Velô, Hot Media, Impacto VentoNorte, Distrito C, Tô na Rua, Hotel Ibis Style e Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Dias 10 e 11 de dezembro de 2016, sábado e domingo Horário: das 09h às 22h
Entrada Franca
Diversos locais na região do 4º Distrito de Porto Alegre:

Avenida Polônia, 200
Casa Cultural Tony Petzhold – Avenida Cristóvão Colombo, 400 Galpão Makers – Rua Santos Dumont, 1100
Porto Alegre Hostel Boutique – Rua São Carlos, 545
Praça Florida – Av. Farrapos esquina com Rua Comendador Azevedo Rua São Carlos
Vila Santa Terezinha
Vila Flores – Rua São Carlos, 759
Vila Velô – Rua Sete de Abril, 291

Site: deslocamentos4d.com.br
Facebook: facebook.com/deslocamentos4D Instagram: @deslocamentos4d

Inscrições gratuitas para oficinas: a partir do dia 6 de dezembro pelo site http://www.deslocamentos4d.com.br

Programação completa

sabado

domingo1

domingo2

 

Grupo UPA! “Profanamente Sagrado”

face-capa

O Grupo UPA! tem o prazer de convidar para a estreia, em Porto Alegre, do seu novo espetáculo: “Profanamente Sagrado”.

Em formato circular, “Profanamente Sagrado” é fruto das experiências vividas por Federico Trindade em seu mestrado na Royal Academy of Music (Dinamarca) e transita entre diversas formas de fazer música, onde, por meio de uma regência alternativa, o público é convidado a entrar nessa “atmosfera sagrada”, tendo uma participação muito especial, porque também é parte ativa nessa massa sonora nova e viva que se criará especialmente para este encontro.
O UPA! interpreta a mistura e a diversidade musical mundial, conduzindo o público a ambientes como a música afro-latino-americana, nórdica, do leste europeu, indígena, sacra, popular latino-americana e autoral.
A proposta é fazer com que as pessoas possam sentir essa atmosfera etérea, a partir das sensações trazidas com músicas consideradas “profanas” e, ao mesmo tempo, “sagradas”.
O resultado é o envolvimento ativo de todas as pessoas presentes e um momento que jamais se repetirá.

– dia 08/dezembro
– 20 horas
– no Vila Flores (Rua Hoffmann, 447)
– informações sobre ingressos: mensagem para Grupo UPA! (www.facebook.com/grupoupaoficial) ou para os cantores

Regência e direção artística: Federico Trindade
Produção: Juliana Figueiredo
Fotografia e comunicação: André Paz
Identidade visual: Barraco Estúdio/Trama Design
Design de luzes: Casemiro Azevedo
Figurino: Rafael Körbes

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1278172345578638/

Aulas de Yoga

captura-de-tela-2016-12-02-as-12-13-09

Venha participar da turma de Yoga no Vila Flores!

Primeira turma de Yoga com início dia 1º de dezembro, terças e quintas às 8h da manhã no miolo (levar seu mat!).
Valores: 1xsemana= R$100,00
2xsemana= R$150,00

Professora Lessara Aguiar
– Formada em Ex. Física em 1995
– Experiência de 15 anos com dança
– Formação em yoga em 2006
– Formação em Pilates em 2010
– Formação em Yoga Aéreo em 2016.

Espetáculo Bom Pra Cachorro

bom-pra-cachorro

Caixa do Elefante estreia temporada do espetáculo “Bom pra Cachorro”   

As apresentações acontecem no espaço Theatro do Abelardo, no Vila Flores

A primeira temporada oficial do novo espetáculo da Cia Caixa do Elefante é apresentada no espaço multiuso “Theatro do Abelardo”, inaugurado no Vila Flores. Garantia de diversão para toda a família, “Bom pra Cachorro” é inspirado nos esquetes cômicos dos circos-teatro, os mambembes, de cidades do interior do país. A montagem nos leva de volta ao tempo em que pequenas tendas  eram a única alternativa de entretenimento e as inspirações vinham de conversas em bares e feiras, quando o artista popular estabelecia os primeiros contatos com o público.

Na época em que o teatro era a única diversão nas cidades, os carros de som que anunciavam os espetáculos assustavam os cachorros, que sabiam que por trás das lonas havia leões famintos. Mas agora a Caixa do Elefante criou um novo espetáculo que é bom para cachorro! Este não assusta nenhum cãozinho e ainda garante boas risadas ao público! A montagem é uma livre adaptação das obras “Os Bons Vizinhos”, “O Invento Maravilhoso” e “O Trapaceiro Enganado”,  de acordo com o público a temática do texto muda completamente. Diego Kurtz e Mário de Ballentti são os atores que manipulam os bonecos e a trilha sonora é composta por Arthur de Faria.

As primeiras apresentações aconteceram no nordeste brasileiro, e agora chegou a hora da cidade natal da companhia receber o espetáculo nos dias 03, 04, 10, 11, 17 e 18 de dezembro. A nova peça da Cia Caixa do Elefante une o teatro e a linguagem dos bonecos de luva, técnica tradicional do grupo desde sua fundação. Na montagem, referências aos autores de sua primeira montagem teatral celebrando os 25 anos do Abelardo – o encantador cachorro ator – que será mestre de cerimônias desta nova aventura. O espetáculo é bom pra cachorro, e pra gente também!

 SERVIÇO – Temporada “Bom pra Cachorro”: 

Data: 03,04, 10, 11, 17 e 18 de dezembro (sábados e domingos)

Sessões: 16h e 18h.

Local: Theatro do Abelardo (Vila Flores – Rua São Carlos, 459 – Bairro Floresta – Porto Alegre/RS)

Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15,00 (crianças, estudantes, idosos, professores e classe artística).

Reservas: Podem ser feitas através do e-mail: caixadoelefante@gmail.com.

Vídeo do espetáculo: https://vimeo.com/176918587

Sétima Junção Makers

14947849_361961857470024_7284092849737128805_n

Feira que reúne iniciativas de pessoas que criam e fabricam seus próprios produtos.

São makers ou fazedores que elevaram seus projetos pessoais a pequenos empreendimentos, sem perder o caráter sustentável e de forma a valorizar aspectos da cultura e economia locais.

Makers já confirmados:

1 Allwood
2 Baia
3 Be More Dog
4 Calafia Art Store
5 Camila Kunsler
6 Carol W Cunha
7 Cave Design
8 Colibrii
9 Craft Livre
10 Draisiana
11 Estúdio Hybrido
12 Humanus
13 Ksulo
14 La Pluie
15 Laura Muniz Adornos Corporais
16 Luz Feito à Mão – Oficina de Iluminação
17 Matagal
18 Matiz
19 mofo
20 Nectarina – Bordados Subversivos
21 Róca
22 Solabici
23 SUEKA
24 Verlauf Design
25 Vintax
26 zeen studio
Tem mais ….

Bandas / Loop Reclame:
Bibiana Petek…………………….18h30 às 19h30
Walverdes ………………………… 20h00 às 21h00

Pra beber …….
Cervejaria FIL

Para comer …..
Barbudo Fritas
Chocolah
Será o Benedito?
The Walking Pizza – Food Bike

………………..

Valor da entrada R$ 5,00

Caso tiveres interesse em participar das próximas edições, entre em contato com:
fabio@solabici.com.br ou pelo fone (51) 99746 3116.

HERTZ do lugar onde estamos

hertz-cartaz-peq

No dia 29 de novembro o Vila Flores recebe a última exposição de 2016. HERTZ- do lugar onde estamos é o resultado de encontros e trocas entre o artista visual e músico Peter Gossweiler e os residentes do espaço. A exposição que conta com obras inéditas tem a curadoria da artista Márcia Braga.

A exposição faz parte do programa Vila Flores – Uma Experiência Aberta, uma iniciativa da Associação Cultural Vila Flores que está sendo realizada com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (PRÓ-CULTURA RS FAC), Lei nº 13.490/10. A entrada é gratuita e fica aberta ao público até o dia 20 de dezembro, de terça a sexta das 14h às 18h e quando houver eventos no final de semana.

Sobre o artista Peter Gossweiler:
Mestrando em Artes Visuais (IA – UFRGS) onde realiza uma pesquisa sobre o limiar da percepcão da imagem sonora entre o ouvir e o escutar. Como músico, já se apresentou na Alemanha, Argentina, Áustria, Bulgaria, Chile, China, Estados Unidos, Inglaterra, Japão, País de Gales e Taiwan, assim como, em algumas cidades do Brasil. Em Florianópolis organizou (entre 2006 e 2012) 18 edições do Festival de Música Livre, dedicado a Música Experimental e ao Noise. Em 2009 teve 6 vídeos catalogados pela UNESCO Multimedia Archives como Elemento Cultural Intangível e em 2011 como Diversidade Cultural.

Serviço:

O que? Exposição Hertz – do lugar onde estamos

Quando? De 29 de novembro a 20 de dezembro

visitação: de terça a sexta das 14 as 18h

Onde? Vila Flores – Rua Hoffmann 447

Feiras e bazares no Vila Flores

O Vila Flores recebe eventos em que há venda dos mais diversos produtos. Para expor seus produtos nas feiras e bazares, os interessados devem entrar em contato diretamente com os produtores. Abaixo, é possível ver a lista de eventos e os contatos dos produtores.

Junção Makers – feira que reúne iniciativas de pessoas que criam e fabricam seus próprios produtos. São makers ou fazedores que elevaram seus projetos pessoais a pequenos empreendimentos, sem perder o caráter sustentável e de forma a valorizar aspectos da cultura e economia locais.
Produtor: Fábio – fabio@solabici.com.br
https://www.facebook.com/GalpaoMakers/

Mingau – mistura de festa com bazar e a idéia principal é reunir a família e os amigos, curtir a tarde, ouvir música boa e dançar com os filhotes!
Produtoras: Lívia e Juliana – mingaumatine@gmail.com
https://www.facebook.com/mingaumatine

Tô na Rua – evento que reúne música, feira e atividades culturais nas ruas de Porto Alegre.
Produtora: Suzana – tonarua@gmail.com
https://www.facebook.com/tonaruamurb/

Festival de Beltane/Feira Medieval – evento voltado à cultura celta.
Produtor: Renato – bandocelta@gmail.com
https://www.facebook.com/bandocelta/

Desapega Lá Em Casa – feira de móveis e objetos de decoração.
Produtora: Vanessa – desapegalaemcasa@gmail.com
https://www.facebook.com/desapegalaemcasa/

Deslocamentos4D -festival para a visibilidade do Quarto Distrito de Porto Alegre.
Produtora: Carla – carla@jonerproducoes.com.br
https://www.facebook.com/deslocamentos4D/

Mega Revel – Feira cutural de diversidades com exposição de trabalhos Autorais de pequenos Empreendedores locais, que dão espaço à economia criativa e promom o desenvolvimento sustentável.

Produtor: Vinicius Waichel-  vwaichel@gmail.com

https://www.facebook.com/MegaRevelRS/

Exposição A escuridão que me clareia de Carol W

14947717_892185670926100_4557051551554995516_n

Porto Alegre presenciou no dia 29 de janeiro deste ano, um dos maiores temporais que já viveu. Essa tempestade derrubou centenas de árvores e deixou a cidade sem luz e sem água por alguns dias.
Depois do susto, com tudo já normalizado, comecei a pensar em tudo aquilo que eu havia sentido nesses dias de escuridão e sensação de vulnerabilidade.
Pensei na tempestade, na chuva, no vento, na escuridão, no silêncio e na solidão…e decidi que ia ver um outro lado disso tudo, que nenhuma dessas coisas precisa ser necessariamente ruim e que tem muita beleza sim nelas.
Tudo isso trouxe o pensamento sobre a ambiguidade humana e que todos somos, penso eu, um pouco luz e um pouco sombra. Aí está a vulnerabilidade e também a beleza humana.
Essa ambiguidade também está presente na natureza: Delicada, linda e sutil, mas também forte, violenta e implacável.
De todos esses pensamentos surgiu então a ideia de transformar tudo isso em arte e é o que venho mostrar na minha próxima exposição individual: “A escuridão que me clareia” que vai acontecer no Vila Flores, um centro cultural maravilhoso pelo qual sou apaixonada!

Os visitantes vão poder interagir com muitas das esculturas em papel machê expostas. Uma experiência lúdica e única!
Não perde!! Espero todos lá!
Os apoiadores oficiais do evento são a Brilia LED e a EducAR Intercâmbios. 🙂

Parceiros:
* Luz Feito à Mão – Oficina de Iluminação
* Claraluz Iluminação
* Armazém Sonoro – (www.armazemsonoro.com.br)
* Ksulo
* Marcelo Monteiro do Estúdio Hybrido
* OVNI Acessibilidade Universal
* Consultório – Priscila Passos D’Avila – Psicóloga Clínica
* Maciel Goelzer Fotografia
* Gráfica RJR – (www.graficarjr.com.br)
* Café Mineraux, Vila Flores, Porto Alegre

EXPOSIÇÃO “A ESCURIDÃO QUE ME CLAREIA”- De Carol W

LOCAL: Vila Flores
Data: De 10 a 24 de novembro
Visitação: De terça a sábado das 14h às 19h

Dia 10 – às 19h Inauguração – (Como sempre acontece nos eventos do Vila Flores, teremos algumas opções de comidinhas a preços camaradas com a Folias Gastronômicas por Letícia Borges seus risotos maravilhosos e Debora Herjean com hambúrgueres deliciosos (ambos com opções veganas!) além da cerveja artesanal da Cervejaria FIL!

Atividades paralelas:
Dia 17/11- Bate papo com a psicóloga Priscila Passos D’Ávila sobre assuntos que envolvem o tema central da exposição – Entrada 1 kg de alimento;
Dia 18/11- Visitação com a OVNI com audiodescrição que levará um grupo de cegos e deficientes visuais para visitar a exposição;
Dia 22/11- Degustação às cegas – Com Debora Herjean no Café Mineraux que fica no sótão do Vila Flores;
Dia 23/11- Construção de bonecos em papel com Carol W – Inscrição 1 kg de alimento.

Venha e conheça o que a escuridão pode nos trazer de bom!

Link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/328878517476528/

Conversa com Rogério Pessoa

expo_drivethrugallery_cred_diogoabelin

Foto de Diego Abelin

Dia 08/11 das 14h às 15h

Conversa com o artista visual Rogério Pessoa sobre a exposição Drive Thru Gallery que está em cartaz na calçada da Rua São Carlos, em frente ao Vila Flores. Entrada gratuita.

O artista visual Rogério Pessoa produziu sete peças em ferro e cerâmica que estão expostas na calçada do Vila Flores. A Rua São Carlos recebe as esculturas que podem ser observadas a pé, ou como o próprio título propõe, sem precisar descer do carro. A intenção de Pessoa é colocar o espectador em meio a arte fora de contexto para gerar repertório estético. “Intervenções Urbanas sempre foram uma paixão e a marca do meu trabalho, por provocar o público deslocado dos tradicionais espaços de exposição, como galerias e museus. Neste ambiente externo as impressões sensoriais trazem consigo a espontaneidade de quem não necessariamente está preparado, articulado ou inteirado com o propósito plástico, seus conceitos e suas temáticas”, afirma Pessoa. A exposição está montada na calçada do Vila Flores e pode ser visitada gratuitamente.

Rogério Pessoa é artista visual formado pela UFRGS. Suas intervenções urbanas já passaram pela Bienal do Mercosul, Cais Mauá, Trensurb e Mercado Público em Porto Alegre. Também teve obras selecionadas para salões de artes como Salão de Artes Visuais Vinhedo – SP; I Salão da Marinha Imperial Rio Grande – RS e 14° Salão Paranaense de Cerâmica; XXIII Salão de Artes Plásticas de Franca – SP. Participou de exposições coletivas como Equinócio – MAC / RS; Galeria do DMAE – Porto Alegre – RS; Instituto de Artes 95 anos Pinacoteca Ado Malagoli e Galeria do DMAE – Porto Alegre RS. Atualmente Rogério Pessoa é artista residente do Vila Flores e mantém seu atelier com os artistas visuais Márcia Braga e Carlos Farias.

Contato: artepessoa@hotmail.com / http://www.artepessoa.com/ / 51 9148-7919 – Rogério Pessoa

Link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1672861219671234/