Newsletter

Ecossistema da Moda Sustentável e o protótipo de um futuro colaborativo

Um futuro em que a economia colaborativa esteja presente em todos os setores, entendida e praticada por todos os profissionais. Esse é um sonho que alimentamos, e que, para torná-lo realidade, ensaiamos e prototipamos todos os dias. O Ecossistema da Moda Sustentável é um exemplo de como conectar ideias, conhecimentos e vivências, buscando uma realidade em que a colaboração esteja acima da lógica competitiva do mercado, levando inovação social ao consumidor e a toda a sociedade.

20190215_GrupoCostura2-13.jpg

O Ecossistema é formado por um conjunto de pesquisadoras, empreendedores, coletivos e marcas, cujo objetivo é colaborar com a produção e consumo de moda sustentável, tornando-a mais popular no Rio Grande do Sul. Para que isso acontecesse, conectar indústria e varejo foi uma estratégia necessária, permitindo a colaboração entre eles. Conforme o grupo, não há compartilhamento sustentável sem a troca de saberes e de bens materiais e intelectuais. Por isso, o Ecossistema também promove rodas de conversas e grupos de costura, de forma a ampliar o conhecimento gerado no espaço.

A vileira Gabriela Ruiz, da Colibrii – empresa social que ressignifica resíduos têxteis em colaboração com artesãs – também faz parte desse Ecossistema. A iniciativa se relaciona a partir da troca de fornecedores, espaço e conhecimento. Para ela, a moda no Vila é a representação de um futuro econômico democrático e colaborativo. Trocas como essas são essenciais para consolidar novas marcas e envolver pessoas que buscam, na moda, a sustentabilidade e inclusão.

A vileira Thaís Menna – que compõe o Ecossistema da Moda como pesquisadora – compartilha alguns aprendizados que o projeto teve na criação de um espaço em que a economia colaborativa é colocada realmente na prática.

Ambiente motivador

Promover um ambiente motivador é essencial para manter as pessoas engajadas e alinhadas ao propósito da iniciativa ou da organização.

Menos hierarquia

Diminuir a hierarquia é uma forma de efetiva, na experiência do Ecossistema, de colocar em evidência as qualidades dos colaboradores da iniciativa, fomentando o espaço como um ambiente democrático e inclusivo.

Grupos multidisciplinares

Buscar conexões entre pessoas, seja por ideias e habilidades, é essencial à colaboração. E essas conexões precisam ser diversas. A multidisciplinaridade leva em conta diferentes olhares sobre o tema, fomentando diferentes visões e interpretações.

Espaços como o Ecossistema e as outras empresas de moda sustentável que fazem parte do Vila são como combustível para motivar as pessoas e tornar o Rio Grande do Sul um estado de referência em relação à economia colaborativa. Se você gosta de colaboração e moda sustentável e não sabe por onde começar, o Ecossistema da Moda está de portas abertas para receber sonhadores e se conectar em torno desses temas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s