Como fomentamos e praticamos o consumo consciente no Vila Flores?

Comprar menos e com qualidade são algumas das diretrizes do consumo consciente, prática que está na base da nossa rotina no Vila Flores. Faz parte do nosso dia a dia como consumidores, mas também como promotores da economia local e sustentável.

Entendemos que diferentes razões (entre elas a cultural) ainda impedem que esse comportamento seja parte da vida de todos. Por isso, nossa intenção é te ajudar a incorporá-lo ao te trazer um pouco da nossa experiência.

O que consideramos para consumir de forma mais consciente? E quais iniciativas aqui do Vila podem te ajudar a prever os impactos sociais, econômicos e ambientais na hora da compra?

Por que consumir menos e melhor?

Apenas 16% da população mundial é responsável por 78% do consumo total. É lixo demais para planeta de menos. A solução é comprar menos mesmo. Mas sempre que for preciso consumir, a melhor opção é adquirir produtos de mais qualidade. Em vez do que é descartável facilmente, é importante optar pelo que é durável.

Como consequência disso, acabamos pensando mais e levando para casa aquilo que realmente faz sentido e que nos desperta afeto. Somente esses dois motivos já são suficientes para termos certeza de que um objeto não vai ser substituído logo.

Claro que, às vezes, isso significa optar por uma compra um pouco mais cara. Mas ela será mais cara mesmo?

Ajuda bastante começar invertendo a lógica. A pergunta é “por que este produto é caro demais?” ou “por que ele é barato demais?”. Um produto não é um objeto isolado, mas uma cadeia. Tem um processo produtivo anterior e de descarte posterior, que não estão expressos na etiqueta.

O formato de produção da maioria das empresas se baseia numa equação pouco sustentável, em que os fatores ambientais e sociais não são levados em conta. É o caso da moda, que com a difusão do fast fashion acabou por transformar essa indústria na segunda maior indústria poluente da terra.

O que levamos em conta para consumir de forma mais consciente?

Alguns dos aspectos sociais, econômicos e ambientais que sempre levamos em consideração são:

  • Salários justos

Um mundo melhor passa, inevitavelmente, pelo fomento a uma cadeia produtiva justa. Sabemos que nossa abundância e qualidade de vida são reflexo do bem-estar de todas as camadas sociais.

No lugar de grades que nos separam, criamos pontes que nos permitem fazer parte de um ecossistema comum e generoso.

A Colibrii é uma das empresas do Vila Flores que pratica essa nossa crença. O negócio social cocria produtos com artesãs de comunidades de Porto Alegre, como Morro da Cruz, Rubem Berta e Partenon, sempre com materiais alternativos e reutilizados.

12002610_1646294365618523_1458601840545013885_o

Colibrii cocria produtos com artesãs de Porto Alegre.

A marca se preocupa em mostrar que existem pessoas por trás de tudo, e que o ato da compra tem um significado e um impacto. Além de salários, a justiça social se expressa no reconhecimento das histórias por trás dos que é produzido e da valorização da qualidade e da criatividade das artesãs.

  • Pequenos empreendedores

Ao comprar de pequenos produtores, incentivamos uma economia mais distribuída. Ao invés de contribuir com uma grande indústria e alimentar uma cadeia de baixos salários e pouca satisfação, você pode colaborar para que mais pessoas trabalhem com prazer e recebam bem por isso.

Para incentivar esse movimento, realizamos no Vila a conexão entre os residentes e eventos como o Simultaneidade, um projeto bienal para divulgar nossas empresas. Além disso, feiras em eventos como o Junção Makers também reúnem iniciativas pequenas e locais.

12246689_465099160342865_8469822455793487019_n

Solabici cria bicicletas que levam em conta as particularidades das pessoas.

A vantagem disso para o consumidor é ter acesso a um produto de qualidade e, muitas vezes, personalizado. Na Solabici, por exemplo, todos os quadros são construídos manualmente, o que possibilita a criação de uma bicicleta que leva em conta as particularidades da pessoa. Já adquirir uma cerâmica da Márcia Braga é dispor de um artefato que agrega história e afeto à casa de quem compra.

  • Ambientalmente sustentável

Praticamos a sustentabilidade ambiental não somente de Lixo Zero, política de reciclagem que adotamos. Mas também pensamos na base do nosso consumo.

Podemos economizar água e reciclar, mas de quem compramos e o quanto compramos são os principais impactos ambientais que podemos gerar no mundo.

Empresas vileiras como a Humanus e Colibrii reutilizam materiais como garrafas pet, capas de guarda-chuva e cintos de segurança para criar suas roupas e mochilas. No Estúdio Hybrido, a estilista Vanessa Berg confecciona roupas e acessórios com matérias-primas de alta qualidade produzidas por indústrias ambientalmente responsáveis, além de tecidos excedentes da indústria calçadista.

10342920_497727790328445_2464848177919192335_n

Humanus reutiliza materiais para peças ambientalmente sustentáveis.

  • Negócios locais

De onde vem o seu produto? Se ele percorre longos caminhos e gasta combustível, ele é pouco amigo do meio ambiente. E da sua saúde, já que, provavelmente, ele deve depender de grande quantidade de conservantes e agrotóxicos para durar.

Nas nossas feiras e eventos, além dos residentes do Vila, priorizamos a presença de fornecedores locais. A opção por cerveja artesanal, por exemplo, se trata de minimizar o impacto ambiental deixado pelas latinhas de alumínio, mas também pela distância percorrida pelo produto.

Além disso, acreditamos que a mudança ocorre a partir de ações locais. Comprar de empreendedores e produtores locais significa o fortalecimento de um ecossistema que se retroalimenta, trazendo benefício a todos inseridos nele.

Quais iniciativas vileiras podem te ajudar a consumir de forma mais consciente?

Colibrii

A Colibrii trabalha com artesãs de comunidades de Porto Alegre co-criando produtos com materiais alternativos e reutilizados. O propósito do negócio social é aproximar realidades diversas e, com isso, gerar mudanças. A marca se preocupa em mostrar que existem pessoas por trás de tudo, e que o ato da compra tem um significado e um impacto.

Estúdio Hybrido

Vanessa Berg é a estilista responsável pela produção de moda do Estúdio Hybrido. As roupas e acessórios criados pela artista são confeccionados a partir do conceito de Slow Fashion, com matérias-primas de alta qualidade e durabilidade, produzidas por indústrias locais, que têm em suas diretrizes o cuidado ambiental, ética e responsabilidade social, além de tecidos excedentes da indústria calçadista.

Humanus

A Humanus é uma marca que se inspira nas Artes e na Filosofia​ para provocar novos olhares​. Contrários ao ritmo de consumo frenético da moda tradicional, a marca busca um outro tempo de contemplação e relação com o que consumimos, com o chamado Slow fashion. Além disso, a Humanus trabalha de forma colaborativa com rede de parceiros, como centros culturais, museus, iniciativas socioambientais e cooperativas.

Márcia Braga

Arquiteta e artista visual, Márcia Braga cria produtos em cerâmica. No Ateliê no Pátio tem seu forno e equipamentos para desenvolver trabalhos tridimensionais em cerâmica (que já lhe renderam dois prêmios Açorianos – 2013 e 2015). Também que reúne grupos de trabalho para criar e desenvolver projetos colaborativos em arte urbana.

Re-ciclo

A Re-ciclo realiza a coleta dos resíduos orgânicos de cidadãos em três municípios: Porto Alegre, Tramandaí em Imbé. Através de uma assinatura mensal, o cidadão recebe um baldinho para armazenar os resíduos e, de bicicleta, a Re-ciclo realiza a coleta semanalmente, levando os resíduos para sua área de compostagem, onde esse material é transformado em adubo. No início de cada mês, o associado recebe um pacote de adubo ou uma mudinha, para resgatar a agricultura urbana, e um mimo surpresa sobre a temática da sustentabilidade.

Solabici

A Solabici fabrica bicicletas sob medida com inspiração retrô. Os quadros são construídos manualmente, possibilitando a escolha de componentes e acessórios de acordo com as particularidades de cada um. A proposta é criar bicicletas únicas com formas minimalistas, elegante e de alta qualidade, que permitam agregar acessórios para deixar a bike perfeita para o dia-a-dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s