Domingo no Pátio

received_1299250086802640

Domingo no pátio – Festa de lançamento do IMADIN: Instituto Maria Dinorah

Apresentação do IMADIN e seus espaços; lançamento de livros; atividades de contação de histórias e de expressão verbal para crianças; painel sobre escritoras gaúchas; bate-papo com pais sobre o papel da literatura na infância, bibliotequinha ao ar livre, comidinhas e mini livraria.

Quando? 18/12/2016 das 16:00 às 21:00
Entrada pela Rua Hoffmann, 459.
Evento gratuito.

Página no Facebook: www.facebook.com/institutomariadinorah
Informações apenas pelo Facebook ou pelo e-mail: imadin@imadin.org.br

Anúncios

Deslocamentos4D

capa_face-851x315px

Festival #deslocamentos4D realiza circuito de atividades sobre empreendedorismo, cultura, inovação social, educação e arte

Evento promove o mapeamento e a visibilidade de iniciativas do 4o Distrito de Porto Alegre, com seminário, oficinas, feiras, exposições, shows, gastronomia, cerveja artesanal e turismo criativo

Nos dias 10 e 11 de dezembro, Porto Alegre será palco de diversas atividades nos bairros que compõem o 4o Distrito. Com uma dinâmica descentralizada, o festival #deslocamentos4D promove atrações culturais, sociais e empreendedoras nos bairros Navegantes, São Geraldo, Floresta e Humaitá. A ideia central do projeto é dar visibilidade às iniciativas da região e à cultura local, que vem se transformando em um território de lazer, inovação e empreendedorismo na Capital. A programação, com entrada franca, inclui uma série de atividades simultâneas e diversificadas ações artísticas, culturais, educativas e colaborativas. Seminário, oficinas, feiras de moda, design e inovação, shows e espetáculos, circuitos de bicicleta, passeio das artes, exposições e exibições, gastronomia e cerveja artesanal estão na programação.

Os profissionais envolvidos no #deslocamentos4D fazem parte da comunidade que reside ou trabalha no 4o Distrito: empreendedores individuais e coletivos, empresários, educadores, artistas, ativistas sociais, articuladores culturais, membros de comunidades de baixa renda, profissionais de tecnologia, moda e design, associações organizadas e, sobretudo, cidadãos que ali vivem.

Entre os agentes parceiros e com participação ativa no evento está o espaço cultural Vila Flores, que vai abrigar a exposição Vila Flores – Uma Experiência Aberta. Os residentes do espaço também participam da programação, como os Matehackers (com o projeto Miolo Nerd), a Cia. Caixa do Elefante (com o espetáculo de bonecos Bom Pra Cachorro), a ONG Mulher em Construção (com oficina de serviços de construção civil para mulheres moradoras da Vila Santa Terezinha), o Coletivo Ameixa (com a mostra de filmes MoFO) e a Escola Convexo (com a oficina Qual vai ser?[QVS] #Grana #Felicidade #Futuro). O Vila Flores também vai concentrar as atrações musicais do #deslocamentos4D, que conta com os shows de Frank Jorge, Tonho Crocco e The Room Brothers. O Palco #deslocamentos4D vai contar também com a discotecagem do DJ Piá e intervenções de arte ao vivo com os artistas urbanos Xadalu e Toniolo.

O Porto Alegre Hostel Boutique vai abrigar um Sarau, com participação do percussionista costa- marfinense Loua Pacom Oulai, entre outros músicos e poetas. A programação artística conta, ainda, com apresentação dos poETs – grupo formado pelos poetas-músicos Ricardo Silvestrin (morador da Rua São Carlos), Alexandre Brito e Ronald Augusto, a performance A.S.P.I.R.E, da Cia. Ato Espelhado e o espetáculo de dança SeteOito – Impermanências, com Thais Petzhold e Marco Fillipin.

Na Praça Florida acontece Oficina de Sticker Art com o artista urbano
Xadalu, a Oficina de Mosaico com a artista visual Silvia Marcon e o Campeonato Best Trick, acompanhado pelo skatista Jean Lucca Joner Silveira e convidados.

A Vila Velô vai promover o 4D de bici – um passeio de bicicleta por pontos importantes da região. E quem quiser conhecer os projetos que compõem o Distrito Criativo a pé, pode participar do Passeio das Artes, uma caminhada guiada que percorre galerias de arte, ateliês de artistas, antiquários e brechós. No Galpão Makers acontece o Ocupa Galpão, que vai receber os visitantes para mostrar a produção dos residentes.

O projeto de mobilização urbana Tô Na Rua traz para a programação uma feira de marcas autorais, bazar, brechós, food trucks, intervenções e música. O Porto Alegre Festival – que vai promover o encontro de bandas consagradas da cena musical gaúcha com artistas emergentes, nos dias 10 e 11 de dezembro, na Avenida Polônia – também integra o circuito de atividades que acontecerão durante o #deslocamentos4D.

No dia 10, sábado, o evento é pautado pelo seminário #Deslocamentos4D, que irá debater e construir um documento de ideias e encaminhamentos para a região, para ser entregue aos setores do poder público e privado. O 4o Distrito é um espaço aberto de economia criativa, inovação e conhecimento, onde experiências colaborativas como estas são o ponto de partida para fomentar ações conjuntas e reforçar iniciativas existentes. O painel central contará com um resgate histórico do 4o Distrito e mediação de Rafael Passos, presidente do Instituto de Arquitetos e Urbanistas do Rio Grande do Sul. Nesse painel serão apresentados e discutidos por especialistas os dois principais projetos já desenhados para a região – o Master Plan e o Porto Alegre Tecnopole – e visões sobre assentamento urbano, direito à moradia, impactos sociais dos projetos urbanos na cidade e a experiência do Vila Flores. Além do painel central, outras cinco mesas simultâneas serão realizadas para abrir um diálogo sobre temas como Economia Criativa, Tecnologia e Inovação, Direito a Moradia, Sustentabilidade e Inovação Social, Urbanismo e Mobilidade, Cultura e Educação. A entrada é franca e o seminário acontece no Vila Flores.

Nos dias do festival, parte das atrações será transmitida ao vivo pela internet e nas redes oficiais do evento. A programação terá cobertura da jornalista Carol Anchieta, que circulará pelos diversos pontos do festival. O evento também disponibiliza um aplicativo, com link para streaming, mapa e programação.

O público presente também poderá participar de um concurso de selfies. Para concorrer, basta fazer check-in em, no mínimo, quatro pontos do circuito e postar a imagem no Instagram com a hashtag #selfie4D. A premiação e o regulamento serão divulgados até o dia 10 de dezembro, e o resultado será anunciado após o evento pelas redes sociais do festival. Um grupo de artistas convidados escolherá a melhor foto.

O Festival #deslocamentos4D tem curadoria da Joner Produções e produção do Gabinete Produções Culturais – empreendimentos residentes do 4o Distrito, com patrocínio da Caixa Econômica Federal, apoio cultural do Vila Flores e apoio da Vila Velô, Hot Media, Impacto VentoNorte, Distrito C, Tô na Rua, Hotel Ibis Style e Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Dias 10 e 11 de dezembro de 2016, sábado e domingo Horário: das 09h às 22h
Entrada Franca
Diversos locais na região do 4º Distrito de Porto Alegre:

Avenida Polônia, 200
Casa Cultural Tony Petzhold – Avenida Cristóvão Colombo, 400 Galpão Makers – Rua Santos Dumont, 1100
Porto Alegre Hostel Boutique – Rua São Carlos, 545
Praça Florida – Av. Farrapos esquina com Rua Comendador Azevedo Rua São Carlos
Vila Santa Terezinha
Vila Flores – Rua São Carlos, 759
Vila Velô – Rua Sete de Abril, 291

Site: deslocamentos4d.com.br
Facebook: facebook.com/deslocamentos4D Instagram: @deslocamentos4d

Inscrições gratuitas para oficinas: a partir do dia 6 de dezembro pelo site http://www.deslocamentos4d.com.br

Programação completa

sabado

domingo1

domingo2

 

Grupo UPA! “Profanamente Sagrado”

face-capa

O Grupo UPA! tem o prazer de convidar para a estreia, em Porto Alegre, do seu novo espetáculo: “Profanamente Sagrado”.

Em formato circular, “Profanamente Sagrado” é fruto das experiências vividas por Federico Trindade em seu mestrado na Royal Academy of Music (Dinamarca) e transita entre diversas formas de fazer música, onde, por meio de uma regência alternativa, o público é convidado a entrar nessa “atmosfera sagrada”, tendo uma participação muito especial, porque também é parte ativa nessa massa sonora nova e viva que se criará especialmente para este encontro.
O UPA! interpreta a mistura e a diversidade musical mundial, conduzindo o público a ambientes como a música afro-latino-americana, nórdica, do leste europeu, indígena, sacra, popular latino-americana e autoral.
A proposta é fazer com que as pessoas possam sentir essa atmosfera etérea, a partir das sensações trazidas com músicas consideradas “profanas” e, ao mesmo tempo, “sagradas”.
O resultado é o envolvimento ativo de todas as pessoas presentes e um momento que jamais se repetirá.

– dia 08/dezembro
– 20 horas
– no Vila Flores (Rua Hoffmann, 447)
– informações sobre ingressos: mensagem para Grupo UPA! (www.facebook.com/grupoupaoficial) ou para os cantores

Regência e direção artística: Federico Trindade
Produção: Juliana Figueiredo
Fotografia e comunicação: André Paz
Identidade visual: Barraco Estúdio/Trama Design
Design de luzes: Casemiro Azevedo
Figurino: Rafael Körbes

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1278172345578638/

Aulas de Yoga

captura-de-tela-2016-12-02-as-12-13-09

Venha participar da turma de Yoga no Vila Flores!

Primeira turma de Yoga com início dia 1º de dezembro, terças e quintas às 8h da manhã no miolo (levar seu mat!).
Valores: 1xsemana= R$100,00
2xsemana= R$150,00

Professora Lessara Aguiar
– Formada em Ex. Física em 1995
– Experiência de 15 anos com dança
– Formação em yoga em 2006
– Formação em Pilates em 2010
– Formação em Yoga Aéreo em 2016.

Espetáculo Bom Pra Cachorro

bom-pra-cachorro

Caixa do Elefante estreia temporada do espetáculo “Bom pra Cachorro”   

As apresentações acontecem no espaço Theatro do Abelardo, no Vila Flores

A primeira temporada oficial do novo espetáculo da Cia Caixa do Elefante é apresentada no espaço multiuso “Theatro do Abelardo”, inaugurado no Vila Flores. Garantia de diversão para toda a família, “Bom pra Cachorro” é inspirado nos esquetes cômicos dos circos-teatro, os mambembes, de cidades do interior do país. A montagem nos leva de volta ao tempo em que pequenas tendas  eram a única alternativa de entretenimento e as inspirações vinham de conversas em bares e feiras, quando o artista popular estabelecia os primeiros contatos com o público.

Na época em que o teatro era a única diversão nas cidades, os carros de som que anunciavam os espetáculos assustavam os cachorros, que sabiam que por trás das lonas havia leões famintos. Mas agora a Caixa do Elefante criou um novo espetáculo que é bom para cachorro! Este não assusta nenhum cãozinho e ainda garante boas risadas ao público! A montagem é uma livre adaptação das obras “Os Bons Vizinhos”, “O Invento Maravilhoso” e “O Trapaceiro Enganado”,  de acordo com o público a temática do texto muda completamente. Diego Kurtz e Mário de Ballentti são os atores que manipulam os bonecos e a trilha sonora é composta por Arthur de Faria.

As primeiras apresentações aconteceram no nordeste brasileiro, e agora chegou a hora da cidade natal da companhia receber o espetáculo nos dias 03, 04, 10, 11, 17 e 18 de dezembro. A nova peça da Cia Caixa do Elefante une o teatro e a linguagem dos bonecos de luva, técnica tradicional do grupo desde sua fundação. Na montagem, referências aos autores de sua primeira montagem teatral celebrando os 25 anos do Abelardo – o encantador cachorro ator – que será mestre de cerimônias desta nova aventura. O espetáculo é bom pra cachorro, e pra gente também!

 SERVIÇO – Temporada “Bom pra Cachorro”: 

Data: 03,04, 10, 11, 17 e 18 de dezembro (sábados e domingos)

Sessões: 16h e 18h.

Local: Theatro do Abelardo (Vila Flores – Rua São Carlos, 459 – Bairro Floresta – Porto Alegre/RS)

Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15,00 (crianças, estudantes, idosos, professores e classe artística).

Reservas: Podem ser feitas através do e-mail: caixadoelefante@gmail.com.

Vídeo do espetáculo: https://vimeo.com/176918587

Escola de Sapucaia do Sul visita o Vila Flores

Foi super animada a visita hoje de 29 crianças e professores da Escola Municipal José Placido de Castro de Sapucaia do Sul! Eles participaram de uma gincana em que tinham que circular pelo Vila Flores e descobrir coisas interessantes para contar pra turma. Foi demais!

As visitas de alunos de instituições de ensino fazem parte do programa Vila Flores – Uma Experiência Aberta que está sendo realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (PRÓ-CULTURA FAC RS) Lei nº 13.490/10.

vila-flores-vilaflorespoa-%e2%80%a2-fotos-e-videos-do-instagram

Sétima Junção Makers

14947849_361961857470024_7284092849737128805_n

Feira que reúne iniciativas de pessoas que criam e fabricam seus próprios produtos.

São makers ou fazedores que elevaram seus projetos pessoais a pequenos empreendimentos, sem perder o caráter sustentável e de forma a valorizar aspectos da cultura e economia locais.

Makers já confirmados:

1 Allwood
2 Baia
3 Be More Dog
4 Calafia Art Store
5 Camila Kunsler
6 Carol W Cunha
7 Cave Design
8 Colibrii
9 Craft Livre
10 Draisiana
11 Estúdio Hybrido
12 Humanus
13 Ksulo
14 La Pluie
15 Laura Muniz Adornos Corporais
16 Luz Feito à Mão – Oficina de Iluminação
17 Matagal
18 Matiz
19 mofo
20 Nectarina – Bordados Subversivos
21 Róca
22 Solabici
23 SUEKA
24 Verlauf Design
25 Vintax
26 zeen studio
Tem mais ….

Bandas / Loop Reclame:
Bibiana Petek…………………….18h30 às 19h30
Walverdes ………………………… 20h00 às 21h00

Pra beber …….
Cervejaria FIL

Para comer …..
Barbudo Fritas
Chocolah
Será o Benedito?
The Walking Pizza – Food Bike

………………..

Valor da entrada R$ 5,00

Caso tiveres interesse em participar das próximas edições, entre em contato com:
fabio@solabici.com.br ou pelo fone (51) 99746 3116.

HERTZ do lugar onde estamos

hertz-cartaz-peq

No dia 29 de novembro o Vila Flores recebe a última exposição de 2016. HERTZ- do lugar onde estamos é o resultado de encontros e trocas entre o artista visual e músico Peter Gossweiler e os residentes do espaço. A exposição que conta com obras inéditas tem a curadoria da artista Márcia Braga.

A exposição faz parte do programa Vila Flores – Uma Experiência Aberta, uma iniciativa da Associação Cultural Vila Flores que está sendo realizada com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (PRÓ-CULTURA RS FAC), Lei nº 13.490/10. A entrada é gratuita e fica aberta ao público até o dia 20 de dezembro, de terça a sexta das 14h às 18h e quando houver eventos no final de semana.

Sobre o artista Peter Gossweiler:
Mestrando em Artes Visuais (IA – UFRGS) onde realiza uma pesquisa sobre o limiar da percepcão da imagem sonora entre o ouvir e o escutar. Como músico, já se apresentou na Alemanha, Argentina, Áustria, Bulgaria, Chile, China, Estados Unidos, Inglaterra, Japão, País de Gales e Taiwan, assim como, em algumas cidades do Brasil. Em Florianópolis organizou (entre 2006 e 2012) 18 edições do Festival de Música Livre, dedicado a Música Experimental e ao Noise. Em 2009 teve 6 vídeos catalogados pela UNESCO Multimedia Archives como Elemento Cultural Intangível e em 2011 como Diversidade Cultural.

Serviço:

O que? Exposição Hertz – do lugar onde estamos

Quando? De 29 de novembro a 20 de dezembro

visitação: de terça a sexta das 14 as 18h

Onde? Vila Flores – Rua Hoffmann 447