Exposição Este corpo já foi meu de Marcia Braga

11207810_10152901914992087_463191933_o

Este corpo já foi meu é o nome da exposição que Márcia Braga (Santo Ângelo, RS, 1973) apresenta, a partir do próximo dia 9 de maio, no Centro Vila Flores, bairro Floresta, em Porto Alegre. É a segunda individual da arquiteta (UniRitter, 1998) e artista visual (Instituto de Artes, UFRGS, 2014). Produzidos nos últimos dois anos, os desenhos e trabalhos em cerâmica remetem a um universo particular, de sonho, habitado por figuras quiméricas, talvez seres marinhos, como anêmonas e poríferos.

Se os desenhos em nanquim e aguada, de linhas fluídas e camadas de transparência, apresentam-se de modo inédito, as obras em cerâmica evidenciam a filiação com a mostra Tactilis, exibida em 2013 no StudioClio e agraciada com o Prêmio Açorianos – Destaque em Cerâmica. Essas peças guardam a mesma gênese: pequenas formas modeladas em argila, queimadas e bordadas sobre superfícies macias e leves, convidando o espectador a tocar, a sentir as superfícies e as texturas da matéria. Entretanto, se em Tactilis havia a preponderância da cerâmica, com as centenas de formas projetando-se a partir de um núcleo elástico-maleável, agora a artista agrega outros materiais ao barro, como a lã, proporcionando uma nova dimensão táctil. Também insere cores, fortalecendo a sensação de uma fauna exótica e fantástica. E o “corpo da matéria” desses seres, como o título bem assinala, também já foi da artista. Afinal, cada fragmento partiu do seu toque e ação, do contato do seu corpo e das suas mãos com o barro; cada fragmento, mínimo que seja, partiu de sua vivência.

Além de seu envolvimento com a cerâmica, Márcia Braga – que em 2014 também recebeu o Prêmio de Incentivo à Criatividade no 20º Salão de Artes Plásticas da Câmara de Vereadores de Porto Alegre – é integrante do Bando do Barro e idealizadora e ativadora do Projeto Vizinhança e do Café na Calçada.

SERVIÇO

O quê │Este corpo já foi meu, exposição de Márcia Braga

Abertura │9 de maio de 2015, sábado, das 11h às 13h

Visitação │De 11 a 30 de maio de 2015, com agendamento de horário pelo telefone (51) 9132 1556

Onde │Vila Flores – Rua Hoffmann, 459 – Floresta – Porto Alegre/RS

Maiores informações │Márcia Braga: (51) 9132 1556 – bragamarcia@hotmail.com

Anúncios

Agenda Vila Flores – Maio 2015

Segundas, quartas e sextas, até 22/05 (sexta) das 19h às 22h
Oficina de Construção e Manipulação de Bonecos com o diretor Mário de Ballentti da Caixa do Elefante Teatro de Bonecos.

Todas as terças das 14h às 19h
Vem na Terça! Abertura do espaço Vila Flores para toda a comunidade sempre às terças.

Todas as terças das 17h às 18h
Oficina de Expressão Corporal De Corpo Aberto com a Cia de Teatro Ato Espelhado.

Todas as quartas das 18h às 19h30
Atelier da Expressão – Sensibilização teatral e jogos dramáticos para iniciantes na prática teatral com a Cia de Teatro Ato Espelhado.

Todas as quintas das 18h às 20h
Teatro para atores iniciantes ou sem experiência que queiram se aprofundar em improvisação e atuação teatral com a Cia de Teatro Ato Espelhado.

04/05 ( segunda) às 14h e às 15h30
Início do Curso de Teatro para Crianças e Adolescentes ministrado por Patricia Gatelli no espaço do Ato Espelhado Cia Teatral.

09/05 (sábado) às 11h
Abertura da Exposição ESTE CORPO JÁ FOI MEU de Marcia Braga.
Link: https://www.facebook.com/events/1580761318844932/

09/05 (sábado) às 15h
Tardes Brincantes coordenadas pelo Ato Espelhado Companhia Teatral: atividades para crianças com Joel Grigolo e apresentação do espetáculo “Ao Divagar se Vai Longe e de Bicicleta Mais Ainda…” da CIA. UMPÉDEDOIS.
Link: https://www.facebook.com/events/414245992080380/

13/05 (quarta) das 19h30 às 21h30
Conversa de Vizinho – encontro com a comunidade organizado pelo Geração Urbana, grupo de estudos em Arquitetura e Urbanismo da PUCRS.
Link: https://www.facebook.com/events/1627912327495059/

14/05 (quinta) das 14h30 às 18h
Atividade paralela à exposição Este Corpo Já Foi Meu, de Márcia Braga – Workshop teórico–prático: Diálogos sobre a partilha do corpo com a artista convidada: Alexandra Eckert.
Link: https://www.facebook.com/events/642855522511969/

14/05 (quinta) das 19h às 21h30
Encontro das Casas Colaborativas de Porto Alegre.
Link: https://www.facebook.com/events/694706867301954/

16/05 (sábado) das 9h às 23h
Dia da Cultura Livre organizado pelo Matehackers e Casa da Cultura Digital Porto Alegre.
Link: https://www.facebook.com/events/1084041304946091/

17/05 (domingo) das 13h às 19h
Workshop de Mosaico com a artista Silvia Marcon.
Link: https://www.facebook.com/events/800210570056268/

19/05 durante o Vem na Terça! entre 14h e 19h
Intervenção artística dos alunos do Colégio Batista.

20/05 (quarta) das 15h às 17h
Atividade paralela à exposição Este Corpo Já Foi Meu, de Márcia Braga – Bate-papo: Conversas em torno da xícara: um conteúdo compartilhado. Artista convidado: Carusto Camargo.
Link: https://www.facebook.com/events/642855522511969/

23/05 (sábado) das 10h30 às 12h
Atividade paralela à exposição Este Corpo Já Foi Meu, de Márcia Braga – Oficina para crianças: Mão na massa
Com Márcia Braga e artista convidada Loren Gay.
Link: https://www.facebook.com/events/642855522511969/

23/05 (sábado) às 15h Segunda edição da festa WAX no Vila Flores.
Link: https://www.facebook.com/events/879127595493732/

23 e 24/05 (sábado e domingo) das 9h30 às 17h
Workshop de Cianotipia com a fotógrafa Isabella Carnevalle.
Link: https://www.facebook.com/events/1419106438392586/

25/05 (segunda) das 15h às 17h
Atividade paralela à exposição Este Corpo Já Foi Meu, de Márcia Braga – Relato de experiência: Transmissão de imagens para cerâmica através da serigrafia. Artista convidado: Gilberto Menegaz.
Link: https://www.facebook.com/events/642855522511969/

27/05 (quarta) das 15h às 17h
Atividade paralela à exposição Este Corpo Já Foi Meu, de Márcia Braga – Bate-papo: Por que Cerâmica? Artista convidado: Rodrigo Núñez.
Link: https://www.facebook.com/events/642855522511969/

30/05 das 10h às 22h
Junção Makers – Feira que reúne iniciativas de pessoas que criam e fabricam seus próprios produtos.
Link: https://www.facebook.com/events/963963026960062/

cartaz_vert

Oficina de Fotografia Pinhole

banner_oficina de fotografia3

Em celebração ao dia internacional do pinhole, o Vila Flores sediará uma oficina gratuita em dois dias:
– Dia 1, Sábado, 25, 9:00-13:00: confecção das latas
– Dia 2, Domingo, 26 9:00-17:00: bater e revelar as fotos

A oficina é parte do evento mundial do pinholeday.
http://pinholeday.org/

Inscrição via mensagem com Jackson Chu ou email jackson.chu@ufrgs.br
Investimento: Zero Reais

Apoio:
Matehackers e Vila Flores

Crédito do convite: Thatianne Alves

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/752198658234943/

Café Pretexto

Dia 17/04 das 17h às 20h.

Um pretexto para tomar café, bater papo com os amigos e misturar chá, açúcar e bolachinhas num café teatral. O pretexto desta 1ª edição é um encontro com o Teatro Mototóti falando de suas experiências. Esta é mais uma das ações do Ato Espelhado Companhia Teatral no seu Estúdio do Vila Flores comemorando seus 7 anos de atividades.

Endereço: Rua Hoffmann, 459. Bairro Floresta.
Os queridos Fernanda e Carlos serão os primeiros convidados do Café e vão contar um pouquinho o que estão aprontando no Flor da Vida, seu mais recente espetáculo.

Os queridos Fernanda e Carlos serão os primeiros convidados do Café e vão contar um pouquinho o que estão aprontando no Flor da Vida, seu mais recente espetáculo.

Cia SOMA em Porto Alegre

A Cia Soma Dança chega a Porto Alegre com uma programação especial de dois dias de muita dança. Serão duas oficinas, um encontro dançante e uma apresentação do espetáculo do “Papo ao Passo”, que acontecerão entre os dias 17 e 18 de abril no Vila Flores e na Casa Casa Cultural Tony Petzhold.

A Cia Soma foi fundada em 2008 pelas dançarinas Maria Eugenia e Marina Abib, a partir de então puderam formalizar e aprofundar estudos teóricos e corporais sobre uma linguagem de dança baseada nas manifestações populares brasileiras.

Conheça mais: www.ciasoma.com.br

17/04 (sexta) das 9h30 às 12h
Oficina com Maria Eugenia da Cia SOMA na Casa Cultural Tony Petzhold. R$ 60,00.

17/04 (sexta) às 21h
Espetáculo Do Papo ao Passo da Cia SOMA no Vila Flores. R$ 20,00.

18/04 (sábado) das 12h às 14h30
Oficina com Marina Abib da Cia SOMA na Casa Cultural Tony Petzhold. R$ 60,00.

18/04 (sábado) das 17h às 19h
Aula Aberta – Encontro Dançante com a Cia SOMA no Vila Flores. Contribuição espontânea.

A3_SOMA

De Lixo à Arte: Gerando Valor na Cadeia Produtiva.

VEM NA TERÇA_Do lixo a arte

No dia 14/04, às 14h, Ilsa Solka de Lemos e o coletivo Matehackers coordenarão uma atividade de práticas sustentáveis com foco na Gestão de Resíduos Sólidos.

– Comunidade/residentes/simpatizantes trazem seus resíduos sólidos de casa, depositando tudo em um espaço próprio.

– Os presentes separam e destinam esses resíduos sólidos aos galões, numa “cerimônia” de inauguração.

– Resíduos não classificados nas categorias dos galões serão transformados em uma “bolsa de resíduos” e os presentes aplicarão os 3Rs tipo self service: o resíduo de um gera valor para outro.

Traz o teu resíduo e promova transformações!

Atividade gratuita.

As monalisas em mosaico estão no muro do Vila Flores na Rua São Carlos e foram elaboradas pela turma do curso de mosaico com a professora e artista Silvia Marcon.

O layout do banner foi elaborado por Nubia Huff e Paulo Narcizo.

Diário do Voluntário #01

A querida voluntária Ana Marisa Nogueira Skavinski está compondo um diário com relatos do que tem vivido no Vila Flores! Ficamos lisonjeados com a iniciativa 🙂 Obrigado Ana!

Semana passada iniciei um voluntariado na Associação Cultural Vila Flores e por esse motivo a partir da agora vou ir fazendo uma especie de diário do Vila, dando a minha percepção do que acontece lá dentro…
Sexta e sábado no Vila (dias 27 e 28 de março):

Sexta-feira, dia 27, foi um dia “tranquilo”, as turmas 3 e 4 das Oficinas orientadas de reparos domésticos de hidráulica, cerâmica, recuperação de parede e pintura predial promovidas pela ONG Mulher em Construção estavam trabalhando no “miolo” do prédio, é muito interessante ver a diversidade de mulheres que buscaram a oficina e os motivos que a levaram até lá, cada uma tem uma história diferente para contar cheia de desafios, lutas e conquistas… o projeto desenvolvido pela ONG Mulher em Construção é muito interessante e com certeza vou acompanhar a próxima turma bem mais de perto… Neste dia estava acontecendo um ensaio fotográfico para da Lu Bodanese Acessórios Modernos e em conversa rápida com Luciele Bodanese, questionada por que a escolha do Vila para o ensaio a resposta foi que a grife parte de ideia “arquitetura em acessórios” e foi por sua beleza e importância arquitetônica que o espaço do Vila Flores foi escolhido como cenário. Em meio a pequenas e grandes reuniões internas e os preparativos para as atividades programadas para o sábado surge inesperadamente uma rápida e explosiva intervenção artística no patio… é hora de “brincar” com a fita.
Sábado foi uma dia de duas atividades que levaram um bom (e diversificado) público ao espaço do Vila… Durante todo o dia aconteceu o Arduino Day 2015 – Um evento mundial para compartilhar projetos e reunir fãs de Arduino que foi organizado pelo pessoal da Matehackers e a tarde, a partir da 15 hrs. aconteceu Tardes Brincantes com Eliane Bruél e o espetáculo Avenida Cores por Todo Lugar, da Cia de Teatro Ato Espelhado como como parte da Programação da Semana de Porto Alegre. O mais interessante das tardes brincantes foi ver adultos e crianças juntos brincado de pular corda, bambole, peteca, cinco marias entre outros…em muitos o encantamento dos pais era muito maior que o dos filhos, enquanto o teatro deve uma grande interação com o publico infantil ali presente…

Este slideshow necessita de JavaScript.