Projeto Simultaneidade

Participantes do Projeto Simultaneidade

Participantes do Projeto Simultaneidade

A ideia do Projeto Simultaneidade surgiu no começo de 2013 a partir de muitos encontros frutíferos no Vila Flores. Diversos artistas, produtores e entusiastas dos predinhos resolveram se unir pra criar um evento onde todo mundo pudesse criar junto e compartilhar momentos e experiências com a comunidade local. Dessa junção criativa, nasceu o Projeto Simultaneidade. Muita gente foi se juntando no processo, artistas e coletivos não só de Porto Alegre como de São Paulo, Florianópolis e Pelotas.

Veja aqui uma apresentação do projeto:

Pra fazer o evento acontecer com mais estrutura, já que o Vila Flores ainda precisa de muitas reformas, resolvemos tentar um financiamento pelo Catarse. Infelizmente, não alcançamos a meta e o projeto não foi financiado. Mas realizamos dois eventos enquanto a campanha no Catarse estava rolando e arrecadamos uma grana pra usar no Projeto Simultaneidade.

O primeiro evento foi o SomCine em que exibimos o filme sobre o baterista Argus Montenegro seguido de pocket shows de Alexandre Leeh, acompanhado do baterista Claudio Cunha Calcanhotto e do baixista Raul Leitão, e da banda Monsieur Mathias & The Bayou Brothers. O chef Rodrigo Paz, do projeto Comida de Rua, estava lá com seus hamburguers incríveis.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O segundo evento foi o Fim de Tarde no Vila Flores com a exibição do documentário Nervo Óptico e jam session com vários músicos. O pessoal da Gastronomia Elétrica estava lá também vendendo sanduíches maravilhosos.

Cartaz Fim de Tarde no Vila Flores

Cartaz Fim de Tarde no Vila Flores

Com esses dois eventos e mais alguns apoios conseguimos levantar uma grana pra fazer o Projeto Simultaneidade em dois dias, 7 e 8 de dezembro e em menos espaços do Vila como o galpão, o pátio e só o térreo do prédio da Rua São Carlos.

Estamos em fase de produção, organizando a programação, falando com os participantes sobre suas atividades e ainda aceitando todo o tipo de ajuda seja em cash, em materiais doados, mão-de-obra, etc. Tudo é válido!

Quem já confirmou sua participação no evento:

ARTES VISUAIS
Ache seu caminho
Adriano Becker
Alexandre Lopes Fagundes
Carol W
Christie Meditsch
Gus Bozzetti
Leticia Heger e Vital Lordelo
Lolô
Luciane Bucksdricker
Luhcas Alves
Nonô (Genuína Obra+UFRGS)
Núcleo Urbanóide
Or:Be
Pamela Morrison/Revista j’Adore
RUA
vendoARTE
Moacir Chotguis
Ney Caminha
Roberta Sant’Anna
Flávia Felipe

Casa da Cultura Digital chega ao Vila Flores

O Vila Flores está com novos residentes!

Agora a Casa da Cultura Digital está sediada em um dos apartamentos do prédio da Rua Hoffmann. Depois de 1 ano habitando e agitando uma sala na Casa de Cultura Mario Quintana, a CCDPOA chega trazendo toda sua energia pro nosso espaço.

Como primeira atividade no Vila Flores, eles estão fazendo os ensaios do Bloco de Carnaval “Olha o Passarinho do Mário” que acontece todos os sábados a partir das 14h, juntamente com uma oficina de construção de instrumentos musicais. 

Image

Todo mundo convidado a conhecer a galera massa da CCDPOA!

http://www.ccdpoa.com.br

http://www.facebook.com/ccdpoa

 

Microssimpósio Bienal do Mercosul

Nessa sexta-feira, vamos receber os participantes do Simpósio Internacional de encerramento da Bienal do Mercosul “Alguém que sabe alguma coisa… e alguém que sabe algo mais: educação como encontro e igualdade”. 

Estaremos das 9h às 11h no Vila Flores batendo um papo sobre educação, aprendizagem e troca de experiências!

Para se inscrever, basta preencher esse formulário:http://goo.gl/KgQ5WA

Esperamos vocês 🙂

Image

Fim de tarde no Vila Flores

Image

Nessa quarta, o Vila Flores volta a ser palco de encontro de amigos, vizinhos, artistas e quem mais quiser curtir um belo fim de tarde!

>> Exibição do filme Nervo Óptico: http://www.youtube.com/watch?v=VExKZ2rBLXc
Documentário realizado pelos diretores Karine Emerich e Hopi Chapman. Produção executiva de Nonô Joris ArteProdutora. Montagem Fabio Lobanowsky. Trilha sonora Flavio Flu Santos. Edição de som e mixagem Fabrício Licks. Som direto Gui Algarve. Consultoria Ana Albani. Design gráfico Roka Estúdio.
Apoio: Claraluz Iluminação Ltda, Clovis Dariano, Ideograf, Fundação Vera Chaves Barcellos, Interlig e VivaFoto.
Parceria: IECINE, TVE.
Financiamento: Procultura-RS, SEDAC.

>> Jam session – palco aberto para os músicos que quiserem participar!

>> Comidinhas deliciosas à venda

INGRESSO: R$ 10,00

Todo valor arrecadado na bilheteria e bar será revertido para o Projeto Simultaneidade. Saiba mais em: http://catarse.me/pt/simultaneidade
Os artistas estão gentilmente cedendo o cachê.